Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Björk’

Quando estava inspirado, Alexander McQueen deixava o mundo de boca aberta, fosse pela elegância de suas roupas ready-to-wear ou pela esquisitice de sua alta costura. Ousado, criativo e avesso ao lugar comum, o estilista era a primeira opção daquelas que quisessem radicalizar no estilo. Não por acaso, ele assinou diversos looks para as cantoras Björk e Lady Gaga. Seus desfiles eram poéticos e inspiradores, como aquele em que uma holografia da modelo Kate Moss hipnotizou a plateia. Ou aquele em que dois robôs jogavam tinta sobre uma modelo a rodopiar. A mise-en-scène era sempre dramática, para combinar com suas roupas, peças capazes de transformar qualquer pessoa em personagem. O mundo fica mais careta e monótono sem Alexander McQueen.

Alexander McQueen, o próprio, na capa da edição de abril de 1998 da revista The Face, fotografado por Nick Knight

 

A cantora Björk na capa do álbum Homogenic, de 1997, cuja roupa e conceito visual é de Alexander McQueen

 

O chocante figurino de Lady Gaga na edição de 2009 dos MTV Video Music Awards (VMA’s)

 

David Bowie na capa do álbum Earthling, de 1997, trajando um sobretudo desenhado por McQueen, com interferências do próprio cantor

 

Sarah Jessica Parker vestida de McQueen para causar na première de Sex and the City – O filme, em 2008

 

Kristen Stewart e Robert Pattinson, astros da grife cinematográfica Crepúsculo – ela vestida de McQueen para a lente de Mark Seliger em 2009

 

Em ensaio fotográfico de Tim Walker para a Vogue em 2005, Madonna usa vestido de McQueen – inspirado em Grace Kelly – para mostrar sua faceta de dona de casa inglesa

 

Björk se vestiu de McQueen para a turnê do álbum Vespertine, em 2001. Depois foi fotografada com a mesma roupa para a arte gráfica do DVD Live at Royal Opera House, de 2002

 

Janet Jackson by McQueen em 2008

 

Criação de McQueen no corpo de Drew Barrymore

 

McQueen assina o figurino de Lady Gaga no videoclipe Bad romance, de 2009

 

McQueen ao lado de Björk no Fashion Rocks de 2003, onde a cantora se apresentou durante desfile da última coleção do estilista. Com o rosto coberto de pedras brilhantes e vestido feito pelo amigo, Björk causou furor

 

No videoclipe Pagan poetry, de 2001, Björk aparece usando um vestido de McQueen que causou repulsa em muita gente, pois o vídeo sugeria que a roupa tinha partes coladas no corpo da cantora e partes penduradas em piercings

 

Outra das tantas parcerias entre McQueen e Björk

 

Peça de McQueen que remete ao filme 007 contra Goldfinger, no qual a personagem Jill Mastersons morre asfixiada ao ter seu corpo pintado de ouro – parte da coleção outono/inverno 2007

 

Kirsten Dunst fotografada por Annie Leibovitz em obra de McQueen, em 2006

 

Criação de McQueen para o outono/inverno 2009. A peça remete à obra do artista holandês M. C. Escher

 

Peça da coleção outono/inverno 2009

 

McQueen para a primavera 2001

 

Outra peça da coleção outono/inverno 2009

 

Mais McQueen para o outono/inverno 2009

 

Outono/inverno 2008 e primavera/verão 2008, respectivamente

 

Peças para outono/inverno 2007 e 2006, respectivamente

 

À esquerda, exemplar da coleção outono/inverno 2003. À direita, o já clássico vestido ostra no corpo da modelo brasileira Letícia Birkheuer, no desfile da coleção primavera/verão 2003

 

O infame e inconfundível design dos sapatos pinça-de-lagosta de McQueen

 

McQueen para primavera/verão 2009 e pré-outono 2009, respectivamente

 

Peças de McQueen para o outono/inverno 2009

 

VÍDEOS:

O assustador visual de Björk para sua apresentação no desfile de McQueen no Fashion Rocks de 2003:

.
A lindíssima holografia de Kate Moss que fechou o desfile da coleção outono/inverno 2006 de McQueen:

.
Os robôs pintores de McQueen no desfile da coleção primavera/verão 1999:

.

Anúncios

Read Full Post »

Kylie Minogue está com o rosto todo colorido na revista Instinct deste mês. Sua maquiagem me remeteu imediatamente a Björk, e então a Michael Stipe (REM), Secos e Molhados e tantos outros astros da música. A pintura facial é tão antiga quanto o homem e se presta a embelezar, reafirmar a identidade, estabelecer uma outra identidade (paralela ou substituta), diferenciar, comunicar ou assustar. Em suma: pinta-se o rosto para chamar atenção. É comum nas tribos indígenas e também nos palcos.

Kylie Minogue - Instinct MagazineKylie Minogue e sua maquiagem estilizada na capa da revista gay Instinct

 

Malu MagalhãesMalu Magalhães costuma pintar ela própria seu rosto para fazer seus shows. A cada apresentação, cria um desenho diferente.

 

Bjork 2Nas fotos de divulgação do álbum Volta, de 2007, Björk surgiu multicolorida, começando pelo rosto.

 

mareNa capa do álbum Maré, de 2008, Adriana Calcanhotto se pintou da maneira como imagina que seria o rosto de Tétis, deusa grega do mar

 

Michael Stipe - REMEm 2005, Michael Stipe cobriu parte do rosto de azul para o show do REM no evento Live Earth, em Londres.

 

Wes BorlandO guitarrista Wes Borland ganhou fama em 1997 como integrante da banda Limp Bizkit. A cada apresentação, ele adota uma nova pintura que o faz parecer um ser completamente diferente. Por conta disso, Borland era uma atração à parte nos shows. Mas não está mais no grupo.

 

Marilyn MansonMarilyn Manson ganhou fama em 1996, quando lançou o álbum Antichrist Superstar. O hit do disco era The beautiful people, seu protesto contra a ditadura da beleza. Desde então, o cantor usa maquiagem para chocar, se enfeiar ainda mais e, assim, garantir um lugarzinho exclusivo ao sol do showbiz.

 

Henry Rollins - LiarNo clipe de Liar (1994), Henry Rollins aparece vermelho como um demônio. Seu personagem mentiroso é praticamente a encarnação do mal, eventualmente disfarçado de policial bonzinho e super-herói.

 

Madonna - FeverMadonna não é de se pintar além da simples maquiagem. Mas ela apareceeu inteiramente prateada no clipe de Fever, em 1993.

 

Annie LennoxAnnie Lennox gosta de se pintar desde os tempos de Eurythmics, sua antiga banda. Em 1992, no show de tributo a Freddie Mercury, chamou atenção com um visual sombrio, arrrematado com uma pintura preta nos olhos.

 

Blue Man GroupO Blue Man Group foi criado em 1987. Desde então, seus integrantes se pintam de azul para percorrer o mundo em espetáculos experimentais de música e teatro.

 

Red Hot Chili PeppersNos anos 80, quando eram apenas uma banda alternativa promissora, os integrantes do Red Hot Chili Peppers já se pintavam, eventualmente, como na foto de cima, em que aparecem completamente coloridos ee irreconhecíveis. Mas a grande maioria do público lembra-se apenas de vê-los prateados no clipe de Give it away, de 1991.

 

Grace Jones by Keith Haring e Robert MapplethorpeNesta foto de 1984, Grace Jones é uma obra de arte viva, pintada por Keith Haring, adereçada com coroa e acessórios criados especialmente por David Spada e fotografada por Robert Mapplethorpe.

 

Dee Snider -Twisted SisterNos anos 80, era tão exagerada a maquiagem de Dee Snider, vocalista do Twisted Sister, que me parece sensato incluí-lo nesta galeria de caras pintadas. Ele era praticamente a Vovó Mafalda do metal.

 

siouxsie siouxA maquiagem de Siouxie Sioux, da banda inglesa Siouxie & The Banshees, sempre foi marcante, desenhada de modo a lhe conferir uma forma que vá além do meramente humano. Tem sido assim desde a virada dos anos 70 para os 80.

 

Roberto CarlosEm 1978, Roberto Carlos estreou sua turnê Palhaço, de grande sucesso. Ao fim de cada espetáculo, ele surpreendia a plateia ao voltar ao palco maquiado como palhaço para cantar O show já terminou.

 

Alice CooperAlice Cooper sem sua característica pintura ao redor dos olhos não é Alice Cooper, é Vincent Damon Furnier, o homem por trás do cantor-personagem.

 

Kiss 2Quando o Kiss se mostrou ao mundo, em 1974, seus inteegrantes já estavam de cara pintada, cada um encarnando uma peersona: Gene Simmons era The Demon, Paul Stanley era The Starchild, Peter Criss era The Cat, e por aí vai. Por muitos anos, seus verdadeiros rostos foram um grande mistério.

 

OsanaSurgida em 1972, a banda italiana Osanna também era adepta da pintura facial

 

Peter GabrielPeter Gabriel atravessou a década de 70 de ponta a ponta como um mutante, com uma cara nova a cada momento, encarnando os diversos personagens de suas canções. Primeiro, como vocalista do Genesis. Depois, como cantor solo. Mas sempre com forte teatralidade, marcada não apenas pela pintura, mas também por sua interpretação.

 

Secos e MolhadosEncabeçado por Ney Matogrosso, o grupo Secos & Molhados estreou em 1973 como um forte sopro de renovação no cenário musical brasileiro. A pintura teatral era apenas o lado mais evidente de sua ousadia. Há quem diga – inclusive Ney – que o Kiss imitou o visual do grupo. Porém, há registros de que a banda americana já se apresentava pintada em 1972.

 

David Bowie - Ziggy StardustSe for para encontrar um pioneiro, melhor ficar com David Bowie. Ele, sim, causou alvoroço ao se pintar para criar uma nova persona, Ziggy Stadust. O raio lhe atravessando o rosto, como na capa do álbum Aladdin Sane (1973), é a imageem mais emblemática, mas não a única. Foi nessa época que Bowie ganhou a alcunha de camaleão do rock. E fez história.

Read Full Post »

Todo mundo já deve ter visto, mas só deu pra eu publicar agora. Não ficou linda essa capa da Interview com a Björk? Cliques da dupla Vinoodh Matadin e Inez Van Lamsweerde.

bjork - Interview - by Vinoodh Matadin and Inez Van Lamsweerde
bjork - Interview - by Vinoodh Matadin and Inez Van Lamsweerde - 2
bjork - Interview - by Vinoodh Matadin and Inez Van Lamsweerde - 3

Read Full Post »

Muita gente ainda se diverte com o Dia da Mentira, primeiro de abril. Até artistas respeitáveis, como Björk, Nine Inch Nails e Sigur Rós. Veja algumas das mentirinhas que esse pessoal contou hoje:

nine-inch-nails-strobe-light

NINE INCH NAILS: A banda anunciou hoje em seu site oficial o lançamento de um novo álbum, Strobe Light, produzido por Timbaland e com participações especiais de Bono (U2), Chris Martin (Coldplay), Jay-Z e Justin Timberlake. Uma das faixas se chamaria Coffin on the dance floor.

bjorkBJÖRK: A cantora noticiou hoje em seu site que é a nova vocalista do Led Zeppelin, já que Robert Plant se recusou a participar do retorno da banda. A notícia foi escrita tão a sério, que demorei um pouco mais para notar que era brincadeira.

SIGUR RÓS: A banda pôs até vídeo falso no YouTube para anunciar que seu tecladista, Kjartan Sveisson, está compondo boa parte do próximo disco do Coldplay, com direito a dueto entre os vocalistas dos dois grupos. Veja!

COLDPLAY: Os ingleses anunciaram que vão gravar o próximo álbum dentro de um Boeing 727 modificado para simular a ausência de gravidade. No site da banda, Chris Martin diz: “Vínhamos procurando o ambiente certo para gravar o mais perfeito som de tambor, e eu tenho a nítida impressão de que a gravidade zero é o lugar para isso”.

Read Full Post »

Você só tem até o dia 5/2 para ver a exposição Chop their heads, do fotógrafo escocês Rankin, no Museu Brasileiro da Escultura (MuBE), em São Paulo. Não fui nem poderei ir, mas adoraria ver de perto e em tamanho grande o trabalho do mais importante fotógrafo britânico da atualidade. Suas fotos, ao mesmo tempo em que parecem digitalmente tratadas, de tão nítidas, mostram mais do que os fotografados famosos costumam mostrar normalmente, seja um detalhe pouco explorado de seu corpo, um ângulo desfavorável, uma pose fora dos padrões ou um traço (verdadeiro ou forjado) de sua personalidade. Nascido em 1966, Rankin é o criador das revistas Dazed & Confused e Rank. Algumas de suas fotografias:

rankinmadonnaMadonna

 

rankinmichaeljacksonMichael Jackson

 

rankinbjork1Björk

 

rankin10Justin Timberlake

 

rankinrichardashcroftRichard Ashcroft

 

rankin09Quem é? Não reconheci…

 

rankin08Foto de moda

 

rankin07Nu clicado por Rankin

 

rankinjustintimberlake1Justin Timberlake

 

rankindavidbowie1David Bowie

 

rankinu2U2

 

rankinrobbiewilliams1Robbie Williams

 

rankinhughgrantHugh Grant

 

rankinadrienbrodyAdrien Brody

 

rankinRankin em autorretrato

 

rankinjuliettebinocheJuliette Binoche para a Playboy

 

rankinkevinspaceyKevin Spacey

 

rankindanielcraig1Daniel Craig

 

rankindavidgrohl1David Grohl (Foo Fighters)

 

rankin03Modelo anônima

 

rankin01Modelo anônima

 

rankinalanismorrissetteAlanis Morissette

 

rankinthomyorkeThom Yorke

 

rankingaelgarciabernalGael Garcia Bernal

 

rankinwhitestripesThe White Stripes

 

rankinjudelawJude Law

Read Full Post »

5 – Crying – Aerosmith: No final do clipe, Alicia Silverstone decide se matar na frente do ex-namorado, jogando-se da ponte. Mas é brincadeirinha: ela está presa por um cabo na cintura, estava apenas querendo assustar o cara. Só que há vários takes anteriores que deixam bem claro que não havia cabo nenhum na moça. E mais: uma pessoa que despencasse da forma como ela despenca no clipe certamente quebraria a coluna. Bem, como tudo provavelmente não passa de uma brincadeira do diretor do vídeo, dou um desconto e deixo este em quinto lugar na minha lista de gafes. Mas que é dose, é! Veja aqui!

4 – Triumph of a Heart – Björk: No começo do clipe, quando Björk sai de casa e vai embora de carro, é possível ver o cameraman refletido no vidro da porta de trás do veículo. Veja aqui!

 

3 – Because of You – Kelly Clarkson: No início do clipe, o “marido” da moça congela no tempo, para só descongelar no finalzinho. Só que ele havia congelado com o rosto virado para o lado, e descongelou com o rosto voltado para a frente. Veja aqui!

 

2 – She Will Be Loved – Maroon5: Logo no começo, tem a cena do sujeito que mergulha na piscina. O take de fora d’água o mostra mergulhando de cabeça. O take seguinte, feito dentro d’água, o mostra afundando de pé. Veja aqui!

 

1 – Total Eclipse of the Heart – Bonnie Tyler: É o meu erro preferido. Em dado momento, uma porta se abre sozinha, rapidamente, como uma assombração, coincidindo com a primeira batida de percussão da música. Se você vir o clipe no DVD, quadro a quadro, verá um pé chutando a porta, para provocar o efeito. Veja aqui!

0 – MITO: Beat It – Michael Jackson: No programa Piores Clipes do Mundo, Marcos Mion falou muito de um suposto erro neste clássico dos videoclipes: as várias mesas de sinuca sem caçapa. Acontece que aquelas não são mesas de sinuca, mas mesas de bilhar, que não têm caçapa mesmo. Veja aqui!

Read Full Post »

Tá assim de gente por aí recriando capas de disco com peças e bonecos de Lego. Algumas:

Read Full Post »

Older Posts »