Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Cinema’ Category

Não ficou lindo o pôster do Festival de Cannes este ano? O evento chega a sua 65ª edição tendo Marilyn Monroe como homenageada. A foto é de Otto L. Bettman.

Anúncios

Read Full Post »

Em um intervalo das filmagens do clássico Metropolis (1927), de Fritz Lang, a atriz Brigitte Helm aproveita para se resfrescar. Seu figurino de robô devia mesmo ser bem quente… [Via IMGUR]

Read Full Post »

Figurante “romano” se refresca no intervalo da filmagem de Quo Vadis, filme de Mervyn LeRoy lançado em 1951. [Via If Charlie Parker Was a Gunslinger]

Read Full Post »


Filme:
Biutiful (Espanha/México), 2010, de Alejandro González Iñárritu

A história em uma frase: Homem que ganha a vida traficando pessoas e explorando seu dom de ouvir os mortos sente seu corpo ser destruído pelo câncer, mas a dor física não parece ser pior do que o fato de que ele viveu a vida inteira na lama, incapaz de proporcionar destino melhor aos seus filhos.

Assista se… Você estiver disposto a encarar um filme que é muito bom, mas que vai te deixar de baixo astral.

O que faz valer seu tempo e dinheiro: 1) A oportunidade de ver uma Barcelona bem diferente da turística, carcomida pela exploração da miséria, corrupção policial e decadência. 2) Javier Bardem, muito competente em interpretar Uxbal, personagem extremamente complexo. 3) A direção de arte, primorosa em retratar o lado miserável de um país desenvolvido. 4) A ótima direção de Iñárritu.

Surpresa: A animada Barcelona também pode ser um posto avançado do Inferno.

Cena que fica na memória: (SPOILER!) Cerca de 25 imigrantes chineses ilegais escravizados são mortos acidentalmente por intoxicação com gás.

Ponto fraco: Com tanta miséria e decadência na tela, os 147 minutos do filme podem ser torturantes para algumas pessoas. Mas isso faz parte da proposta artística de Biutiful.

Moral da história: Não se deve vender um dom especial que a vida lhe deu de graça.

No fim, a sensação é de que… A vida é uma merda.

Read Full Post »

Read Full Post »

É interessante o efeito de ver, simultaneamente, 15 remakes de uma cena famosa de Alfred Hitchcock, feitos por fãs e publicados no YouTube. Experimente:

Read Full Post »

Ficaram lindos os cartazes que o designer britânico Olly Moss fez para os filmes que serão exibidos no We Are All Workers/Rolling Roadshow, evento da Levi’s que exibe longas-metragens ao ar livre nos lugares onde eles foram rodados. Com influência do saudoso Saul Bass, o jovem Olly Moss, de 23 anos, foi muito sofisticado em seus layouts, que conseguem capturar a essência de cada filme e manter uma identidade visual e autoral entre si. Abaixo, você vê os pôsteres que Moss fez para Comboio, Jackie Brown, O poderoso chefão 2, Os irmãos cara de pau, Robocop, Rocky, Sangue negro, Sindicato de ladrões e Dirty Harry – perseguição implacável. [Vi no Brainstorm #9]


Read Full Post »

Older Posts »